QUESTÃO 14: “É VERDADEIRA A SAGRADA ESCRITURA?”

Youcat Responde: “Os livros da Escritura ensinam com certeza, fielmente e sem erro a vontade de Deus, porque são inspirados, ou seja, foram escritos por inspiração do Espírito Santo e têm Deus por autor”. (Concílio Vaticano II, Dei verbum, nº11) [103-107].

E continua: A > Bíblia não caiu do céu feita, nem Deus a ditou a autômatos, isto é, escritores inconscientes.     

Antes, ‘para escrever os livros sagrados, Deus escolheu e serviu-Se de pessoas na posse de suas faculdades e capacidades, para que, agindo Ele neles e por eles, pusessem por escrito, como verdadeiros autores, tudo aquilo e só aquilo que Ele queria’ (Concílio Vaticano II, Dei verbum, nº11). Para que determinados textos fossem reconhecidos como Escritura Sagrada, tiveram de ser aceitos pela Igreja universal. Teve de existir, portanto, um consenso nas comunidades: “Sim, é o próprio Deus que nos fala por este texto, isto é mesmo inspirado pelo Espírito Santo!” Desde o século IV, estes escritos proto-cristãos estão fixados no CANONE DAS SAGRADAS ESCRITURAS, tal como foram realmente inspirados pelo Espírito Santo.”

 

Citações e Conceitos/Youcat: 

“Meditai a palavra de Deus com frequência e permiti ao Espírito Santo ser o vosso mestre. Descobrireis, então, que os pensamentos de Deus não são os nossos: sereis logo conduzidos a contemplar o Verdadeiro Deus e ler os acontecimentos da história com os Seus olhos; ireis saborear plenamente a alegria que transborda da Verdade.” (Bento XVI, 22/02/2006.)

“Inspiração (lat. inspiratio-inalação): Tal a influência de Deus sobre o escritor bíblico, que Ele mesmo é considerado o autor da Sagrada Escritura.”

“Cânone (lat. canon = cana de medição, diretriz): Trata-se da compilação vinculativa dos escritos sagrados que se encontram na Bíblia, tanto no Antigo como no Novo Testamento.”

 

REFLEXÕES:

Os Bispos conciliares e os Documentos da Santa Igreja asseguram, testemunham e reafirmam a credibilidade das Sagradas Escrituras. 

Nelas percebemos uma intervenção especial de Deus na história do ser humano que não podemos compreender. 

Como a criatura humana poderá conhecer os desígnios de seu Criador, caminhar com e para Ele, se Deus mesmo, de alguma forma, não se manifestar e lhe oferecer ajuda?

Esta ajuda de Deus é revelada na história da humanidade de diferentes modos e por caminhos diversos. 

Há dois mil anos, tivemos por meio de Jesus Cristo, a irrefutável certeza de que Deus é Pai e nos quer junto de Si. Jesus provou isto diante de seus compatriotas. E mais… Ele não só reafirmou a ação de Deus  ao longo da história humana como, Ele próprio, provou a quantos o conheceram ou lhe abriram o coração que era um enviado especial, uma espécie de CARTA DERRADEIRA que o PAI-DEUS enviara para redimir os seres humanos.

Jesus é, por excelência, o testemunha do Pai diante da humanidade. Ele é credibilidade à caminhada do povo para Deus, no passado, no presente e no futuro. Povo que recebe ensinamentos de seus pastores. Pastores inspirados pelo Espírito Santo de Deus.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *