QUESTÃO 26: O QUE SÃO SÍMBOLOS DE FÉ

(Em edição)
Youcat responde: “Símbolos de fé são definições abreviadas da fé, que possibilitam uma confissão comum a  todos os crentes. [185-188, 192-197].
E continua: “Tais definições abreviadas encontram-se nas cartas paulinas. O proto-cristão Símbolo dos Apóstolos possui uma especial dignidade por ser uma síntese da fé dos APÓSTOLOS. O grande símbolo da fé tem um alto prestígio porque proveio dos grandes concílios da então ainda indivisa Igreja (Nicéia, 325; Constantinopla, 381) e permaneceu até hoje como a base comum dos cristãos do Oriente do Ocidente.

REFLEXÕES

A Questão 25 (anterior) esclarece de modo mais amplo a importância dos símbolos no seio da humanidade, seja no concernente às nossas relações para com Deus – à nossa fé – ou seja, quanto à intrincada rede de relacionamentos da sociedade humana, em si, e com a Pátria, suas instituições e valores culturais e políticas, etc…
Os símbolos da fé cristã carregam, ensinam e propagam um conjunto de verdades, valores e tradições, sublimes experiências humanas, que vinculam a humanidade ao Eterno Ser Supremo Criador, o início  (o alfa) e o (o ômega) de tudo.    
Estes símbolos precisam impregnar o corpo, a alma e o espírito humanos; devem ser recitados, proclamados, atados ao nosso corpo, impressos em nossa testa, guardados com reverência e devoção, como uma espécie de endereço para onde haveremos de retornar, o abençoado caminho para a glória do Pai.  
Estes símbolos, assim, adotados, amados e professados, são fontes de graças, de vida e de salvação, ajudar-nos-ão a amar nossos irmãos e, certamente, nos farão levar ao Pai, ricas de ofertas, as nossas mãos. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *