QUESTÃO 356 – YOUCAT: SERÁ O ESOTERISMO COMPATÍVEL COM A FÉ CRISTÃ?

(Em edição)

QUESTÃO 356: SERÁ O ESOTERISMO COMPATÍVEL COM A FÉ CRISTÃ?

Esoterismo

YouCat responde: Não. O esoterismo passa ao lado da realidade de Deus. Ele é um Ser pessoal, é o amor e a origem da vida, não uma energia cósmica fria. O ser humano é desejado e criado por Deus; não é divino, mas uma criatura ferida pelo pecado, ameaçada pela morte e necessita de redenção. Enquanto os adeptos do esoterismo aceitam geralmente que o ser humano se pode redimir a si mesmo, os cristãos creem que só Jesus Cristo e a graça de Deus os salvam. De igual modo, nem a Natureza nem o Cosmos são Deus (Panteísmo); antes, o Criador, que nos ama com todo amor, é infinitamente maior e distinto de tudo o que Ele criou. [2110-2128].

E continua: Hoje, muitos praticam ioga por motivo de saúde, participam em cursos de Meditação para adquirirem tranquilidade e concentração, ou em workshop de dança para fazerem uma nova experiência corporal. Nem sempre, porém, estas técnicas são inofensivas. Por vezes, são veículos para uma doutrina estranha ao Cristianismo, o Esoterismo. Nenhuma pessoa racional deveria concordar com esta mundivisão irracional, em que formigam espíritos, duentes e anjos (esotéricos), em que se crê em magia e os “iniciados” têm um conhecimento misterioso ocultado ao “povo estúpido”. Já no antigo Israel se alertava para o perigo da crença em deuses e espíritos, proveniente dos povos circunvizinhos. Só Deus é o Senhor; não existe outro Deus além d’Ele. Também não existe uma técnica (mágica) para encantar o (divino), impor os próprios desejos ao universo ou atingir a redenção. Muitas coisas do esoterismo são, na perspectiva cristã, Superstição ou Ocultismo. > 5.  

Citações:

  • Louvado seja o Senhor, que me redimiu de mim mesma! Santa Teresa de Ávila.
  • Esoterismo (gr. esoterikos = do interior, da intimidade, aquilo que necessita de uma iniciação para ser entendido). É a designação comum, em uso desde o século XIX, par doutrinas e práticas espirituais em que o ser humano é conduzido a um pretenso “conhecimento verdadeiro”, que todavia, sempre existiu dentro dele.  É extranha ao pensamento esotérico uma Revelação, em que Deus, de Fora, Se manifesta ao ser humano.
  • Panteísmo (gr. pan = tudo e theos = Deus) É uma concepção do mundo segundo a qual nada existe a não ser Deus. Segundo elas, tudo o que existe é Deus e Deus é tudo o quanto existe. Esta doutrina é incompatível com a fé cristã.
  • Ocultismo (lat. occultus = escondido, secreto) Significando doutrina secreta, este termo é hoje utilizado frequentemente como sinônimo de esoterismo. Trata-se de uma designação comum para doutrinas e práticas mediante as quais o ser humano obtém um suposto poder sobreo seu destino, sobre a matéria e sobre o seu meio. Práticas ocultas são, por exemplo, pêndulos, copos de vidro, astrologia e clarividência.

REFLEXÃO

O ser humano é a criatura querida e abençoada que, por desobediência, submeteu-se ao pecado; com ele, toda a natureza foi sugeitada, e sofre, como que, a dor do parto, até que, em Jesus Cristo, sejamos todos redimidos e ressuscitados.

A Sagrada Escritura ensina: “Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus. Pois a criação foi sujeita à vaidade (não voluntariamente, mas por vontade daquele que a sujeitou), todavia com a esperança de ser também ela libertada do cativeiro da corrupção, para participar da gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Pois sabemos que toda a criação geme e sofre como que dores de parto até o presente dia. Não só ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, gememos em nós mesmos, aguardando a adoção, a redenção do nosso corpo” (Rm 6, 19-23).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *