QUESTÃO 388 – YOUCAT: EM QUE MEDIDA A SAÚDE É IMPORTANTE?

(Em edição) 

QUESTÃO 388: EM QUE MEDIDA A SAÚDE É IMPORTANTE?

saude-transferir

O DOUTOR MEIRELES AVISA QUE SÓ VAI ATENDER NESTE ANO ATÉ O KM SETE ! “Vergonhoso num país tão grande quanto o Brasil, exportamos médicos”. http://www. recantodasletras.com.br/artigos/4502167

YouCat responde: A adequada preocupação com a saúde pertence aos deveres essenciais do Estado, o qual deve criar as condições fundamentais para a existência, como alimentação suficiente, habitações asseadas e um sistema de saúde adequado. [2288-2291]

E continua: A preocupação rasuável pela saúde é uma das obrigações básicas do Estado, que deve criar as condições de existência, em que o alimento suficiente, casas limpas e cuidados de saúde primários sejam garantidos.

Citações:

  • Têm por deus o ventre, orgulham-se da sua vergonha e só apreciam as coisas terrenas. (Fl 3,19).

REFLEXÃO

Médico de Homens de de Alma, de Taylor Caldwell: Este livro trata de Nosso Senhor Jesus Cristo apenas indiretamente. Não há romance e nem livro histórico que possam transmitir a história de Sua vida tão bem quanto a Santa Bíblia. Assim, a história de Lucano, ou São Lucas, é a história da peregrinação de todos os homens através do desespero e das trevas da vida, através do sofrimento e da angústia, através da amargura e da tristeza, através da dúvida e do cinismo, através da rebelião e da desesperança até os pés e a compreensão de Deus. Essa busca de Deus e da revelação final é a única significação na vida dos homens. Sem essa busca e essa revelação, o homem vive apenas como um animal, sem conforto e sem sabedoria, e sua vida é inútil, seja qual for seu grau de poder e nascimento (Ed. Saraiva). 

EM QUE MEDIDA A SAÚDE É IMPORTANTE?

NA MEDIDAS DA PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO !… 

Do Cap. 10 do Santo Evangelho, Segundo São Lucas: 

“Levantou-se um doutor da lei e, para pô-lo à prova, perguntou: Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna? 

Disse-lhe Jesus: Que está escrito na lei? Como é que lês? 

Respondeu ele: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento; e a teu próximo como a ti mesmo. 

Falou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isto e viverás. 

Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: E quem é o meu próximo? 

Jesus então contou: Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos de ladrões, que o despojaram; e depois de o terem maltratado com muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o meio morto. Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote, viu-o e passou adiante. Igualmente um levita, chegando àquele lugar, viu-o e passou também adiante. Mas um samaritano que viajava, chegando àquele lugar, viu-o e moveu-se de compaixão. Aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; colocou-o sobre a sua própria montaria e levou-o a uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte, tirou dois denários e deu-os ao hospedeiro, dizendo-lhe: Trata dele e, quanto gastares a mais, na volta to pagarei. Qual destes três parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões? Respondeu o doutor: Aquele que usou de misericórdia para com ele. Então Jesus lhe disse: Vai, e faze tu o mesmo“. (Lc 10, 25-38)

Pelas palavras do Médico e Evangelista São Lucas, o Bom Samaritano nos é apresentado como exemplo a ser seguido; numa parábola em que Jesus desenha para o Doutor da Lei, na figura do Bom Samaritano, a própria figura de médico supremo de corpos e de almas, enviado por Deus Pai, para a salvação da humanidade; é Jesus mesmo curando nossas mazelas de todos os tempos!…

Jesus é o médico divino que vem sarar, ungir, nossas feridas físicas, espirituais, atuais e históricas. Ele desceu e nos ofereceu Sua própria montaria, fundou a Igreja para que ficasse cuidando de nós todos até que Ele volte.

Aleluia!…

A observância do Mandamento supremo (“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento; e a teu próximo como a ti mesmo”), é condição sine qua non à saúde humana total; é como respirar.

Quem pode viver ser renovar ar dos pulmões?…

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *