QUESTÃO 44 – YOUCAT: “QUEM CRIOU O MUNDO”?

(Em edição)

Criação do mundo

Youcat responde: “Deus é que, para lá do tempo e do espaço, tirou o mundo do nada, e chamou todas as coisas à existência. Tudo quanto existe depende de Deus e tem, assim, durabilidade no Ser porque Deus quer que seja assim. [290-292, 316]
E continua: “A criação do mundo é, de certa forma, uma ‘obra comum” da Santíssima Trindade. O Filho é o sentido e o coração do mundo:”Por Ele e para Ele tudo foi criado.” (CL 1,16)
Só sabemos para que serve o mundo quando conhecemos Cristo; com Ele compreendemos que o mundo tende para um fim: a Verdade, a Bondade e a Beleza do Senhor. O Espírito Santo mantém tudo na existência; Ele é que “dá a vida”. (Jo 6,63)
Citações Youcat: “Quem poderia não ser conduzido pela observação e pela meditante intimidade com a magnífica ordem do edifício cósmico, orientada pela Sabedoria divina, para a admiração do Arquiteto que tudo opera! Nicolau Copérnico (1473-1543, investigador de ciência natural e astrônomo).”
“Pois fizestes todas as coisas e pela vossa vontade existem e foram criadas”. Ap 4,11
 

Criação do mundo. bibliafalablogspot.co.br

CIC [290-292, 316]
 
II. A CRIAÇÃO – OBRA DA SANTÍSSIMA TRINDADE
290) “No princípio, Deus criou o céu e a terra” (Gn 1,1). Três coisas são afirmadas nestas primeiras palavras da Escritura: o Deus eterno pôs um começo a tudo o que existe fora dele. Só ele é Criador (o verbo “criar” – em hebraico, ”bara” sempre tem como sujeito Deus). Tudo o que existe (expresso pela fórmula “o céu e a terra”) depende daquele que lhe dá o ser.
291) “No princípio era o Verbo… e o Verbo era Deus… Tudo foi feito por ele, e sem ele nada foi feito” (Jo 1,1-3). O Novo Testamento revela que Deus criou tudo por meio do Verbo Eterno, seu Filho bem-amado. Nele “foram criadas todas coisas, nos céus e na terra… tudo foi criado por Ele e para Ele é antes de tudo e tudo nele subsiste” (Cl 1,16-17). A fé da Igreja afirma outrossim a ação criadora do Espírito Santo: Ele é o “doador de vida” “o Espírito Criador” (“Veni, Creator Spiritus”), a “Fonte de todo bem.
292) Insinuada no Antigo Testamento [fca44] , revelada na Nova Aliança, a ação criadora do Filho e do Espírito, inseparavelmente una com a do Pai, é claramente afirmada pela regra de fé da Igreja: “Só existe um Deus…: ele é o Pai, é Deus, é o Criador, é o Autor, é o Ordenador. Ele fez todas as coisas por si mesmo, isto é, pelo seu Verbo e Sabedoria”, “pelo Filho e pelo Espírito”, que são como “suas mãos”. A criação é a obra comum da Santíssima Trindade.
316) Embora a obra da criação seja particularmente atribuída ao Pai, é igualmente verdade de fé que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são o único e indivisível princípio da criação.
Reflexão

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *