QUESTÃO 45 – YOUCAT: “A ORDEM E AS LEIS NATURAIS TAMBÉM PROCEDEM DE DEUS”?

(Em edição)

Youcat responde: ” Sim, também a ordem e as leis naturais pertencem à Criação de Deus.” [339, 346, 354]

E continua: “O ser humano não é uma “folha em branco”. Ele está impregnado da ordem e das leis ônticas que Deus inscreveu na Sua Criação. Um cristão não faz simplesmente “o que quer”. Ele sabe que provoca danos a si mesmo e ao meio ambiente quando nega as leis naturais, quando utiliza as coisas contra as suas regras e quando quer ser mais esperto que Deus, o seu Criador. O ser humano exige demais de si quando se quer reformular radicalmente.
Gênesis-Big-Bang

Gênesis do Big Bang http://www.brasilescola.com/geografia/big-bang.htm

Citações Youcat:”As árvores e os astros ensinar-te-ão o que nunca poderás aprender dos mestres. São Bernardo de Claraval [1090-1153, segundo fundador da Ordem de Cister].”
GENESIS (gr. genesis = Criação, origemO primeiro livro da Bíblia, que descreve, entre outras, a Criação do mundo e do ser humano.”

CIC [339, 346, 354]:

 
339 Cada criatura possui sua bondade e sua perfeição próprias. Para cada uma das obras dos “seis dias” se diz: “E Deus viu que isto era bom”. “Pela própria condição da criação, todas as coisas são dotadas de fundamento próprio, verdade, bondade, leis e ordens especificas.” As diferentes criaturas, queridas em seu próprio ser, refletem, cada uma a seu modo, um raio da sabedoria e da bondade infinitas de Deus. É por isso que o homem deve respeitar a bondade própria de cada criatura para evitar um uso desordenado das coisas, que menospreze o Criador e acarrete conseqüências nefastas para os homens e seu meio ambiente. (Parágrafos relacionados: 2501,299,226)

346 Na criação, Deus depositou um fundamento e leis que permanecem estáveis, nos quais o crente pode apoiar-se com confiança e que para ele serão o sinal e a garantia da fidelidade inabalável da Aliança de Deus. Por sua parte, o homem deverá ficar fiel a este fundamento e respeitar as leis que o Criador inscreveu nele. (Parágrafo relacionado: 2169)
354 Respeitar as leis inscritas na criação e as relações que derivam da natureza das coisas é princípio de sabedoria e fundamento da moral.
REFLEXÃO



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *