QUESTÃO 279 – YOUCAT: PORQUE PRECISAMOS DA FÉ E DOS SACRAMENTOS PARA VIVER BEM E AUTENTICAMENTE?

TERCEIRA PARTE

A VIDA EM CRISTO
PRIMEIRA SEÇÃO
                    [Para que estamos na Terra, o que devemos fazer e como nos ajuda o Espírito Santo de Deus]

@[email protected]

QUESTÃO 279: Porque precisamos da Fé e dos Sacramentos para viver bem e autenticamente?

YouCat responde: Se fôssemos abandonados a nós e às nossas forças, não conseguiriamos ir longe nas nossas tentativas de sermos bons. Pela fé descobrimo-nos como filhos de Deus, que Ele fortalece. A “graça” acontece precisamente quando Deus nos dá a Sua força. Especialmente nos sinais sagrados, que designamos por SACRAMENTOS, Deus concede-nos a capacidade de querer e realmente praticar o bem. [1691-1695].

E continua: Porque Deus viu a nossa necessidade, retirou-nos, pelo Seu Filho Jesus Cristo, “do poder das trevas” (Col 1,13). Ele deu-nos a possibilidade de um novo começo em comunhão com Ele, percorrendo o caminho do amor. 172-178

Citações:

Sem mim, nada podeis fazer. Jo 15,5.

Nada te perturbe, nada te espante. Tudo passa. Deus não muda. A paciência tudo alcança. Quem a Deus tem, nada lhe falta. Só Deus basta! Santa Teresa de Ávila.

Deus criou o ser humano à Sua imagem, criou-o à imagem de Deus. Ele o criou homem e mulher. Gn 1,27

REFLEXÃO

Há algumas questões  a considerar, como ponto de partida…

O que significa viver bem e autenticamente; e o que é, e porque, ser bom?…

Estas questões conduzem a muitas e diferentes considerações; quero apenas abordar alguns aspectos que acredito importantes na reflexão proposta.

 Ser bom e viver bem, eis a questão!…

“Um jovem aproximou-se de Jesus e disse”: “Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna?”

Ele respondeu: “Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos”. 

“Quais?”, perguntou ele.

Jesus respondeu: “Não cometerás homicídio, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, honra pai e mãe, ama teu próximo como a ti mesmo”. 

O jovem disse-lhe: “Já observo tudo isso. Que me falta ainda?”

Jesus respondeu: “Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá o dinheiro aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”.

Quando ouviu esta palavra, o jovem foi embora cheio de tristeza, pois possuía muitos bens.

Então Jesus disse aos discípulos: “Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus”. (Mt 19, 16-24)

A fé e os sacramentos são, na verdade, o caminho a ser seguido por todos aqueles que pretendem verdadeiramente ser bom e viver bem.

Ser bom e viver bem significa submissão à vontade de Deus, mergulhar na graça divina e trabalhar em favor da vida plena. De Deus é que devemos esperar a recompensa, a coroa da justiça e da vitória.

Afinal, Jesus mesmo nos ensina (Jo 15, 1-9):

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, ele o cortará; e podará todo o que der fruto, para que produza mais fruto. 

Vós já estais puros pela palavra que vos tenho anunciado. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira.

Assim também vós: não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. Ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. 

Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, para que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos. Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor.” 

Se fôssemos abandonados a nós e às nossas forças, não conseguiriamos ir longe nas nossas tentativas de sermos bons.

É em Deus que existimos e temos a possibilidade de sermos bons.

Pelas mãos de Deus fomos moldados e pelo Seu sopro, animados.   

“O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida e o homem se tornou um ser vivente.” (Gn 2,7)

Isto é muito bom!…

x…x

No diálogo da anunciação do nascimento de Jesus, segundo São Lucas:

Respondeu o anjo São Gabriel à Virgem Maria: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus.” (Lc 1,35)  A Santíssima Virgem Maria colocou-se como humilde barro nas mãos de Deus e, cumulada de bênçãos e de graças, foi envolvida pela sombra da fôrça do Altíssimo. Deus moldou e deu vida à criatura humana; esta criatura foi tão agraciada por Deus que Deus mesmo deliberou entranhar-se nela.  E eis que Deus veio habitar entre nós!…

Isto é demais!… É explêndido, maravilhoso, magnífico e infinitamente bom!…

Aleluia!…

Glória a Deus!…

Obrigado, meu Senhor!…

Em Jesus e por meio de Jesus, podemos viver bem e autenticamente, e sermos bons. Isto, porque Deus ampliou nossos horizontes, mudou nosso destino, abriu-nos as portas de Sua Eterna Glória.

Jesus é o instrumento de Deus para a nossa santificação; por meio de Jesus podemos ser elevados a participar da Glória Eterna de Deus. E isto é o que devemos almejar, é o que de melhor nos pode acontecer.

Ser bom significa amar.  E ninguem ama mais do que aquele que dá a vida por amor.



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.