QUESTÃO 291 – YOUCAT: COMO PODE UMA PESSOA DISTINGIR SE A SUA AÇÃO É BOA OU MÁ?

(Em edição)

Fto-Boa ação-Rodrigo F. Silva

   Mais vale uma boa ação do que uma enxurrada de palavras e promessas…     http://www.mensagenscomamor.com/frases-boas-acoes.

QUESTÃO 291: COMO PODE UMA PESSOA DISTINGIR SE A SUA AÇÃO É BOA OU MÁ?

YouCat responde: O ser humano tem capacidade para distinguir as ações boas das más porque possui razão e consciência que lhe permitem juízos claros. [1749-1754, 1757-1758].

E continua: Existem algumas diretrizes que ajudam a distinguir as boas das más ações: 1. Aquilo que faço deve ser bom; não basta uma boa intenção. Roubar banco é sempre mau, mesmo que o faça com boa intenção de ajudar as pessoas pobres. 2. Mesmo que aquilo que eu faço seja realmente bom, a má intenção com que o faço torna má toda a ação. Acompanhar uma pessoa idosa até a casa e ajudá-la e entrar em casa são ações boas; se o fizer para preparar um futuro assalto, torno má esta ação. 3. As circunstâncias em que uma pessoa atua podem diminuir a responsabilidade, embora não mudem o bom e o mau caráter dessa ação. Bater na mãe é sempre mau mesmo que antes a mãe tenha dado pouco amor ao filho. 295-297.

Citações:

Neste mundo tão repleto de liberdades simuladas, que aniquilam o meio ambiente e o ser humano, queremos com a força do Espírito Santo aprender em conjunto a liberdade autêntica, construir escolas de liberdade, demonstrar aos outros, com a vida, que somos livres e como é belo sermos verdadeiramente livres na autêntica liberdade dos filhos de Deus. Bento XVI, 03.06.2006.

REFLEXÃO

A distinção do bem e do mal tem a ver com fazer ou não a vontade de Deus. Fazer o mal é contrariá-la. Distinguir o bem e o mal nos remete ao início de tudo, à tentação imposta pelo malígno aos nossos primeiros país. Satanás está sempre procurando instalar a confusão e a desordem no coração do ser humano.

Na oração do Pai Nosso, Jesus nos ensina    “… perdoai Senhor, as nossas ofensas assim como nós perdoamos aqueles que nos ofendem, e não nos deixeis cair em tentação mas, livrai-nos do mal.”

Pedir perdão a Deus, perdoar o próximo e, também, pedir ajuda a Deus para não cair em tentação, devem ser atitudes comuns do ser humano para fazer o bem evitar o mal. É Deus mesmo quem nos ajuda a vencer o mal e a viver no amor. 



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.