QUESTÃO 301 – YOUCAT: COMO NOS TORNAMOS PRUDENTES?

(Em edição)

QUESTÃO 301: COMO NOS TORNAMOS PRUDENTES?

YouCat responde: Tornamo-nos prudentes quando apredemos a distinguir o essencial do segundário, a definir metas acertadas e escolher os melhores meios para as atingir. [1806-1835]

E continua: A virtude da prudência dirige todas as outras virtudes, porque a prudência é a capacidade de conhecer o que está correto. Quem deseja levar uma vida boa deve saber o que é “bom” e conhecer os seus valores. Como o negociante do Evangelho: “Quando ele encontrou uma pérola especialmente valiosa, vendeu tudo o que possuia ecomprou-a” (Mt 13,46). Só quando uma pessoa é prudente consegue empregar a justiça, a fortaleza e a temperança para fazer o bem.

Citações:

A prudência tem dois olhos: um que prevê o que tem de ser feito e outro que examina depois o que se fez. Santo Inácio de Loyola. 

 REFLEXÃO 

“Que o sábio escute, e aumentará seu saber, e o homem inteligente adquirirá prudência (Pr 1,5). “Eu, a Sabedoria, sou amiga da prudência, possuo uma ciência profunda” (Pr 8, 12). “É com sabedoria que se constrói a casa, pela prudência ela se consolida” (Pr 24,3). Prudência e sabedoria, duas amigas poderosas inseparáveis. São ambas: confiáveis, talentosas, nobres, eficázes e meritórias; instrumentos de Deus para edificação do ser humano.

Ser prudente é saber distinguir o caminho, certo a trilhar, no mundo caótico e insensato dos nossos tempos, é bênção de Deus.

Quem tem Deus por Pai-Criador, a quem amar e servir, é como a ovelha, do Evangelho, que conhece a voz do Bom Pastor; sabe distinguir prudentemente o caminho a seguir para não cair em precipício. E mais do que isto, espera alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo.

 



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.