QUESTÃO 305 – YOUCAT: QUAIS SÃO AS TRÊS VIRTUDES TEOLOGAIS?

(Em edição)

QUESTÃO 305: QUAIS SÃO AS TRÊS VIRTUDES TEOLOGAIS?

YouCat responde: As virtudes teologais são a fé, a esperança e a caridade. Chamam-se “teologais” porque têm o seu fundamento em Deus, referem-se imediatamente a Deus e são para nós o caminho pelo qual atingimos Deus diretamente. [1812-1813, 1840].

Citações

Agora permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e a caridade; mas a maior de todas é a caridade. I Cor 13,13

 

Fe_esperanza_y_caridad.jpg-Catedral do México

                              Fé, Esperança e Caridade.                                                     Esculturas de Manuel Tolsá na Catedral de México.

As virtudes teologais existem como complemento às virtudes cardinais e são três:

  • : através dela, os cristãos creem em Deus, nas suas verdades reveladas e nos ensinamentos da Igreja, visto que Deus é a própria Verdade. Pela fé,o homem entrega-se a Deus livremente. Por isso, o crente procura conhecer e fazer a vontade de Deus, porque «a fé opera pela caridade» (Gal 5,6)“.
  • Caridade (ou amor): por meio dela, “amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos por amor de Deus. Jesus faz dela o mandamento novo, a plenitude da lei“. Para os Católicos, a caridade é «o vínculo da perfeição» (Col 3,14), logo a mais importante e o fundamento das virtudes. O Amor é também visto como uma “dádiva de si mesmo” e “o oposto de usar. (Wikipédia, a enciclopédia livre).

REFLEXÃO

Quem abriu o coração a uma alma sóbria poderá verdadeiramente dimensionar o valor da temperança. A grandeza da alma sóbria lhe vem do amor de Deus. A alma sóbria fixa-se no amor de Deus para amar o próximo, ama o próximo pelo amor de Deus; não se descuida, não se entrega livremente à correnteza dos próprios desejos, porque sabe para onde eles podem conduzí-la. O desejo humano pode flutuar ao sabor do vento e causar irreparáveis danos. Foi ele que afastou nossos primeiros pais do Jardim de Deus. Um pequeno passeio matinal de Adão e Eva pelo jardim dos desejos, um descuido, um deslise de temperança, e eis que sabores de morte lhes inundaram a alma fechando-lhes as portas do Paraíso. 

A alma humana, disponíbilizando-se livremente a realizar a vontade de Deus, torna-se enriquecida de Sua soberana Magestade; Deus mesmo estabelece nela Sua morada; a riqueza de Deus, dela transbordando, em serviço, alcança a comunidade, promovendo pelo amor a glória de todo o Reino; nisto consistem as Virtudes Teologais. 



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.