QUESTÃO 308 – YOUCAT: O QUE É A ESPERANÇA?

(Em edição)

QUESTÃO 308: O QUE É A ESPERANÇA?

 

O Para Francisco na Terra Santa. Canonização das Beatas María Bwardy de Jesus Crucificado e María Alfonsina Ghattas. Imagem: Latin Patriarchate of Jerusalem.

YouCat responde: A esperança é a força com que queremos realizar forte e duradouramente o objetivo por que estamos na Terra: louvar Deus e serví-l’O. Ela consiste na nossa verdadeira felicidade: encontrar em Deus a nossa realização. Por ela sabemos que a nossa morada definitiva está em Deus.

E continua: A esperança significa confiar naquilo que Deus nos prometeu pela Criação, pelos Profetas e em especial por Jesus Cristo mesmo que ainda o não consigamos ver. Para que possamos esperar pacientemente o que é verdadeiro, foi-nos dado o Espírito Santo de Deus. 1-3.

Citações:

. Esperar significa crer na aventura do amor, ter confiança nas pessoas, dar o salto no incerto e abandonar-se a Deus totalmente. Santo Agustinho.

. O teu lugar no Céu parecerá como se ele tivesse sido feito para ti, porque foste feito para ele. C. S. Lewis

 

Esperança-Deus

A Esperança: uma virtude teologal. https://br.pinterest.com/pin/567312884288663483/

 

Nós cristãos, com raras e honrosas exceções, ainda não somos suficiententemente esperançosos e confiantes no Senhor do Céu e da Terra, no Deus de amor. 
O que aconteceu conosco? Não cremos verdadeiramente no Deus de Abraão, de Isac e de Jacó, no Deus de Nosso Senhor Jesus Cristo? Deus não se fêz revelar o suficiente?
Que significam os cerca de quatro mil anos de história judaico-cristão, os relatos proféticos, a seriedade de propósitos e a própria atribulada existencia de um povo único extraordinariamente aguerrido, descendente de Abrão? Não foram suficientes? 
O testemunho grandioso de Abraão – cidadão de Ur, na Caldéia – que se encontrou interpelado e sentiu-se enviado por Deus a uma região distante, a terra de Canaã, movido por uma fé inabalável e um sonho extraordinário: ser pai de uma grande nação? Isto também não foi suficiente? 
E a encarnação de Nosso Senhor Jesus Cristo, seguida de mais de dois mil anos de cristianismo, marcada por grandes sinais miraculosos e por sacrifíciosheróicos de uma infinidade de  fiéis seguidores? Também, não foi suficientes?
Ainda vemos que não somos suficientemente crentes e esperançosos em Deus porque, negligentes, não o amamos como deveríamos; muitos de nós vivemos como se Deus não existisse. Até parece que o nosso Deus não é o Deus Verdadeiro, o Pai de nosso Salvador Jesus Cristo, o Deus de Abraão, de Isac e de Jacó! 
O que aconteceu conosco?… Porque somos tão apegados às criaturas e desprezamos o Criador? Misericórdia Senhor!…
 

O judaísmo é a religião monoteísta mais antiga do mundo. Originou-se por volta do século XVIII a.C.,  (http://brasilescola.uol.com.br/religiao/judaismo.htm )



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.