QUESTÃO 355 – YOUCAT: O QUE SIGNIFICA “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM”?

(Em edição)

QUESTÃO 355: O QUE SIGNIFICA “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM”?

 

Deuses-NÃO TERÁS OUTROS DEUSES (13)

http://www.escola-dominical.com/2015/01/licao-3-nao-teras-outros-deuses-slides.html

 

YouCat responde: Este Mandamentto proibe-nos de:

  • venerar outros deuses ou divindades falsas, adorar um ídolo terreno ou vender a alma a um bem terreno (dinheiro, influência, sucesso, beleza, juventude, etc.);
  • ser supersticioso, isto é, ao invés de crer no poder, na orientação e na Benção de Deus aderir a práticas exotéricas, mágicas ou ocultas, incluindo a adivinhação e o espiritismo;
  • provocar Deus com palavras e atos;
  • cometer Sacrilégio;
  • adquirir poder sagrado de um modo corrupto e profanar o sagrado comercialmente (simonia), [2110-2128, 2138-2140].

Citações: 

  • Proselitismo ( gr. proserchomai = aproximasr-se): Trata-se da exploração da pobreza intelectual ou psíquica dos outros, para os atrair à própria fé.  
  • Superstição É a admissão irracional de que determinadas palavras, ações, acontecimentos e objetos contém em si forças mágicas ou as desenvolvem a partir de si mesmos.

 

REFLEXÃO

“NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM”

O álbum lançado em 1990 pela dupla Leandro e Leonardo vendeu mais de 3 milhões de cópias, devido ao sucesso da canção denominada “Pense em Mim” (letra abaixo).  

“Em vez de você ficar pensando nele
Em vez de você viver chorando por ele
Pense em mim, chore por mim
Liga pra mim, não, não liga pra ele
Pra ele! Não chore por ele!

Se lembre que eu há muito tempo te amo
Te amo! Te amo!
Quero fazer você feliz
Vamos pegar o primeiro avião
Com destino à felicidade
A felicidade pra mim é você

Pense em mim, chore por mim
Liga pra mim, não, não liga pra ele
Pra ele! Não chore por ele!

Pense em mim, chore por mim
Liga pra mim, não, não liga pra ele
Pra ele! Não chore por ele!”

 

A canção manifesta a insastisfação de alguém, sendo trocado por outro, no coração da amada; é um dramático apelo de um amor substituido, descartado. Manifesta um ciúme que é natural, próprio, do ser humano porém, aqui, disfocado, voltado para a criatura. A letra deixa transparecer um pouco do egoismo e da inveja que inundam o coração do cancioneiro sentimental; fala de coisa simples, muito íntima e que toca profundo o coração das pessoas, no seu seu dia a dia; por isso, o sucesso de venda do álbum musical. Chama a atenção, particularmente, a segunda estrofe. Ela explica as razões do amado, o por que de sua canção apelativa. E a estrofe anuncia a felicidade de um projeto de vida a dois, em que, uma criatura é colocada como suprema felicidade, o Deus, da outra.

O Mandamento “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM” é  um apelo do Criador, não em Seu próprio favor mas, em favor da criatura humana. É a felicidade humana que está em jogo. E a palavra de Deus também diz: Eu sempre te amei! Com amor eterno eu te amei! Dei a minha vida por amor! Antes de te formares no ventre te tua mãe, eu te amei! O amor do Criador, e por isso, Seu bendito ciúme, tem por objeto a eterna felicidade da criatura. É claro que a criatura redimida canta hinos de glória ao seu Senhor, e isto alegra o coração do Salvador. 

Isto mostra o que levou o Senhor Deus a submeter Seu povo a esta regra tão pessoal, determinante e fortemente proibitiva: “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM”. Em vez de ficar pensando em outros deuses que te submetem e te afastam de Mim, te degradam e levam á morte, Pensa em Mim, liga p’ra Mim, Eu Sou a verdadeira fonte de vida, de alegria e de felicidade.

A Sagrada Escritura revela as razões pelas quais Deus apresenta este mandamento. Deus parece querer prevenir contra embustes, ciladas do Demônio. Deus nos revela que, ainda no Jardim do Édem, a vontade de Deus foi desconsiderada ante a proposta mentirosa de Satanás que sugeriu: “sereis como deuses”; e eis que nossos primeiros pais acreditaram, pecaram e foram afastados da presença de Deus. 

Deus suscitou Abraão e o fez deixar sua terra e parentela, e o enviou a caminhar em Sua Palavra, por Sua promessa; e a promessa era “farei de ti uma grande nação”. E uma grande nação não se fundamenta na mentira, na falsidade.

“O Senhor disse a Abrão: Deixa tua terra, tua família e a casa de teu pai e vai para a terra que eu te mostrar. Farei de ti uma grande nação; eu te abençoarei e exaltarei o teu nome, e tu serás uma fonte de bênçãos. Abençoarei aqueles que te abençoarem, e amaldiçoarei aqueles que te amaldiçoarem; todas as famílias da terra serão benditas em ti.” (Gn 12,1-3)

Aquele que o envia, abençôa e exalta, o Deus da promessa, é o Deus único e verdadeiro que salva e santifica. É para santificar que Abraão é chamado, em Isac, a ser pai de uma grande nação. É o projeto do Deus único e verdadeiro que está em pauta. A felicidade eterna do ser humano.

Escravo, no Egito, dos adoradores de falsos deuses, o povo clamou e Deus lhe mandou Moisés. Moisés, então, conduz o povo ao deserto e o submete à proteção da Lei do Deus único e verdadeiro.

É por tudo isto, e muito mais, que Deus estabelece: “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES ALÉM DE MIM” Não chora!… Não liga p’ra eles!… Pensa em Mim, liga p’ra Mim, fora de Mim não há  felicidade, não há Salvação.

 



Pedro Furtado Leite Engenheiro Florestal aposentado.