Importante símbolo do Brasil 3

O Pinheiro e o Índio na Posse do Planalto: Duas Realidades Sociológicas Comparáveis


A floresta de pinheiros associa-se ao Planalto meridional brasileiro desde a vigência de um período geo-climático mais frio/seco.  Segundo a literatura pertinente, ao longo das eras geológicas, o clima regional vem evoluindo para a fase atual bem mais quente/úmida. Esta evolução climática favorece o desenvolvimento e avanço da flora tropical sobre a temperada, no Planalto. A flora temperada tem desenvolvimento mais lento e acaba sendo substituída.
Este interessante fenômeno de substituição ainda podia ser observado com frequência, há algumas décadas, em diferentes situações geográficas planaltinas, através de encraves remanescentes da mata preta dispersos no domínio da mata branca.
A mata branca ocupa prioritariamente   os vales dos rios que descem do Planalto. Ambiente mais quente/úmido e mais favorável ao desenvolvimento florestal.
Uma pergunta comum: por que  a mata de araucária não ocorre nestes vales, se eles são melhores para o desenvolvimento de floresta? Pinheiro não gosta de ambiente bom? A resposta mais coerente: Ele gosta sim, porem lhe foi subtraído.

CONTINUA !…



Analista de Sistemas. Filho de Pedro Furtado Leite